Mordomia Cristã e Meio Ambiente

March 31, 2017

 

Atentar-se para a criação de Deus é uma tarefa de todos, principalmente de nós cristãos.

Apesar de ser um assunto que por muito tempo ficou adormecido, nos últimos tempos houve

um despertamento coletivo para a questão da mordomia cristã em relação ao meio ambiente.

 

Quando voltamos nossa atenção para a Bíblia, percebemos diversos textos que, de forma implícita ou explicita, nos dão a noção da nossa responsabilidade ante o meio ambiente.

Genesis 1.27-31 é um bom exemplo disso: “E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra. E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos- á para mantimento” (ACR), Deus diz claramente que a natureza está sujeita a nós, e isso se torna mais fascinante quando olhamos para o criador e vemos como Ele trata com amor toda as coisas criadas e que estão sobre a sua sujeição,inclusive nós, a coroa de toda criação.Logo, não podemos agir de outra forma que não seja a dada pelo exemplo de nosso Pai que está nos céus.

 

Fazer essa análise é fator de suma importância para a consciência do cuidado com o meio ambiente. A questão não é a de somente não sujar rios, florestas e locais públicos, mas sim ter a noção bíblica do porque não fazer tais atos irresponsáveis. Vai muito além do papel social de cada um, para nós cristãos, é o amor pelas obras criadas por nosso Deus.

 

O salmista vai dizer que: “Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos...” Sl 19.1(ACR). A teologia vai chamar essa passagem de Revelação Geral, e Paulo vai dizer em Romanos 1 que devido a essa revelação os homens serão indesculpáveis diante de Deus. Ou seja, O criador se revela na criação! Esse fato nos traz um grande motivo para cuidar da natureza e preservá-la diariamente.

 

Jesus fez uso da natureza para trazer ensinamentos para a ansiedade da vida (Mt 6.26) e de forma bem clara mostra-nos mais uma vez que Deus não só fez toda a natureza mas também cuida dela no decorrer da história.

 

Por isso a importância de uma consciência sustentável. Como cristãos temos o dever de

levantar a bandeira da sustentabilidade, independentemente de envolvimento com ONG´s ou

partidarismo com algum grupo desse ramo.

 

Cuidar da natureza, preservar os rios e floresta, ter

um cuidado com o lixo produzido, dentre tantas outras questões que envolvem o tema, devem

fazer parte do nosso estilo de vida. É dever bíblico, é dever cristão, é amor à criação de Deus, é

amar o próprio Deus.

 

Autor : Diego de Oliveira Pereira

Seminarista da IBCR - Igreja Batista Central em Resende.

Compartilhar
Please reload

Categorias
Arquivo
Please reload

Igreja Batista Central em Resende

Rua do Rosário, 970 - Centro, Resende - RJ

Telefone : 24 2109-3917

  • Facebook Social Icon