Qual o Valor da Sua IGreja

April 1, 2017

 

 

Estamos vivendo dias difíceis no que se refere à Igreja. Por todos os lados o que vemos é uma constante incapacidade de deter a proliferação de teologias oriundas de uma visão pragmática e mercantilista de Igreja. Até pouco tempo atrás os “evangélicos” consideravam a bíblia como palavra de Deus, inerrante e infalível, eram conservadores não somente no culto, mas também nos valores morais e sua visão missionária era muito forte. 


Hoje, temos dificuldades até de definirmos por qual nome devemos ser reconhecidos. 

 

No século XVIII quando a razão foi entronizada em Paris na Catedral de Notre Dame, o homem tornou-se o centro e a medida de todas as coisas. E, o que vimos foi o Crescimento rápido da apostasia que se espalhou por todas as Igrejas e escolas de profetas por todo o mundo. A autoridade das escrituras está sendo negada bem como os milagres. 

 

Teólogos incrédulos começaram a ensinar nos seminários e pastores não convertidos sobem aos púlpitos atacando a veracidade da palavra de Deus. A verdade é que quando os homens se esquecem do Senhor, os falsos ensinamentos prosperam. Talvez seja essa uma das muitas razões dos porquês da Igreja estar sendo tão atacada e depreciada. 

 

A igreja é não é um clube social onde as pessoas se reúnem para ouvir uma palavra motivacional. Será que a igreja se transformou em um meio para ganhar dinheiro como muitos pensam? O que as pessoas pensam da igreja ao olhar para a nossa vida? 

 

A igreja é uma representação da presença de Deus neste mundo. A igreja está neste mundo para fazer realmente diferença na vida das pessoas e trazer a consciência que o plano de Deus é salvar o homem e fazer a vida ter sentido. Fomos chamados para fora de um mundo cruel e sem piedade, para que possamos como Igreja, exibir, exaltar e proclamar a verdade. 

 

Mesmo a igreja não sendo a dona da verdade, ela é a agencia escolhida e preparada por Deus para a manutenção desta.  O silencio da igreja significa o afastamento e a supressão da verdade. Quando olhamos para a importância da Igreja em nossa vida, em especial no diálogo da Sulamita, quando apresenta-nos a alusão a si mesma como duas flores (que no original refere-se a dois lírios com belezas diferentes), aprendemos que assim é a Igreja, capaz de influenciar toda uma região por sua beleza como continuar bela em meio a espinhos. 

 

A igreja é a rosa de Saron e o lírio dos vales! É a mesma coisa quando as coisas estão bem e quando os espinhos aparecem. Muitas pessoas estão atribuindo a Igreja as suas feridas. Estão invertendo as coisas, pois quem fere são os espinhos, quem mata são os espinhos, quem exclui são os espinhos. 

 

A Igreja ama, cuida, sustenta e é instrumento de Deus para que muitos sejam colocados de pé e ajudados durante sua caminhada. Nosso desafio é pedir a Deus que abra nossos olhos para que não sejamos machucados pelos espinhos, pois a Igreja continua a mesma. Quanto vale a sua? Que Deus nos ajude e abençoe.

 

A igreja continua sendo igreja em um mundo espinhoso e mal.
Muitas pessoas invertem isso. Atribuem suas dores a igreja. Estão decepcionados com a igreja.

Tornaram-se indiferentes e amargurados.

 

Que possamos olhar para a nossa historia e ver que em todos os momentos de nossa vida a igreja de Jesus, seja em Saron quando tudo são flores, ou no vale da dor, continua a mesma.
 

Autor : Pr. Luciano Cozendey

Pastor Presidente da IBCR - Igreja Batista Central em Resende

Compartilhar
Please reload

Categorias
Arquivo
Please reload

Igreja Batista Central em Resende

Rua do Rosário, 970 - Centro, Resende - RJ

Telefone : 24 2109-3917

  • Facebook Social Icon