Igreja Batista Central em Resende

Rua do Rosário, 970 - Centro, Resende - RJ

Telefone : 24 2109-3917

  • Facebook Social Icon
Categorias
Please reload

Arquivo

Compreendendo o reino de Deus para anuncia-lo com poder

October 25, 2017

 

Mc 1.15

 

O mundo está de cabeça para baixo. Perdeu avassaladoramente os valores importantes a toda sociedade saudável e aglomera doenças e maldades nunca vistas antes. Um reino dividido e sem esperanças que pressiona e mata aos poucos.

 

Quando pensamos em Cristo anunciando que é chegado o reino de Deus, nós também pensamos em valores e qualificações pertinentes a este reino. Um reino de alegria, de paz e gozo no Espírito Santo.

 

Um reino que não aceita qualquer comportamento, que tem suas veredas de justiça e que sobre tudo, deve ser buscado em primeiro lugar. As pessoas que ouviam a respeito deste reino ficavam necessitadas em saber as prerrogativas do mesmo. Uma dificuldade que se percebe de início é o fato de não se saber quais são os conteúdos precisos deste reino de Deus que Jesus anunciou.

 

É um reino de juízo como foi anunciado por João? É um reino onde a porta de entrada chama-se arrependimento? No  cristianismo primitivo, com a demora do advento do reino de Deus, o povo viu-se obrigado a adequar-se ao mundo. Até então, os cristãos haviam se limitado a aceitar as circunstâncias políticas e a evitar conflitos com o poder estatal (cf. Rm 13,1-7; 1Pd 2,13-17),

 

já que se pensava que o fim fosse iminente. Com a mudança, começaram os problemas e as diversas interpretações sobre a relação entre o reino de Deus e a história do mundo. O homem passa a buscar fundamentos que sustentem sua fé e a entender que “O reino de Deus está dentro de vós” (Lc 17,21). E, assim, o reino de Deus se transforma em ideal ético e em meta do esforço de perfeição que o ser humano deve fazer. Orígenes caracterizou Jesus como a auto Basiléia, ou seja, Jesus é a personificação do reino de Deus. Nele se pode contemplar o Reino acontecendo na terra.

 

O Reino, para Orígenes, não é uma coisa, não é um espaço de domínio como um reino do mundo. É pessoa: O Reino é Jesus! E entender isso faz toda a diferença na vida da Igreja. Somos chamados e transformados para que no poder de Cristo Jesus este reino seja não somente anunciado, mas, sobre tudo, vivido com integridade de vida.

 

Que Deus nos ajude para que sejamos arautos desta verdade.

 

Autor : Pr. Luciano Cozendey

Pastor Presidente da IBCR - Igreja Batista Central em Resende

 

Compartilhar
Please reload